Você saberia mensurar o valor de uma informação? O valor do conhecimento? Realmente é difícil.

Irei relatar uma breve história: Há um mês atrás um homem foi assistir a uma palestra informativa na VitalQuiro com a intenção de fazer um tratamento para as suas dores nas costas. Ao final da palestra ele levantou a mão e pediu a palavra: “Eu só queria dizer que, após entender de fato o que é a quiropraxia, eu me sinto culpado por estar aqui e ter deixado a minha esposa e os meus dois filhos em casa. Você pode agendar a avaliação deles?”.

Assim começou uma nova fase na vida dessa família. Na última terça-feira esse homem também trouxe a sua mãe para uma avaliação e ela já recebeu o seu primeiro ajuste quiroprático. Hoje nós três nos emocionamos com o relato de sua mãe: melhora no inchaço da barriga que a acompanhava desde a retirada da vesícula há 4 anos, melhora na alimentação, na respiração, para dormir, maior facilidade em subir e descer escada e uma diminuição dramática no inchaço e na coloração arroxeada de suas pernas. E para que se preocupar em realizar esse cálculo se há tantas possibilidades de vida agora?